TOMAHAWK como instalar no Ubuntu, LinuxMint, openSUSE, Fedora, ArchLinux, Gentoo e derivados!
Um dos players mais bonitos e eficientes, o TOMAHAWK ainda é um dos mais instalados nas distribuições, mas claro, ele tem vários motivos para ser tão bom, além de reproduzir os arquivos locais, você também pode usar para reproduzir stream como o YouTube, Spotify, Amazon Music, Google Play Music, Soundcloud a lista é imensa e você pode ver todas no site, e  no print que tiramos acima você pode ver os mais populares. 
tomahawk

Para Ubuntu e derivados você pode instalar via PPA:

[code type="Cole no terminal e pressione ENTER"]sudo add-apt-repository ppa:tomahawk/ppa[/code][code type="Cole no terminal e pressione ENTER"]sudo apt-get update[/code][code type="Cole no terminal e pressione ENTER"]sudo apt-get install tomahawk[/code]

Se você é usuário do ArchLinux, openSUSE, Fedora, Gentoo e outros sistemas baseados no Linux, você pode acessar a própria página do projeto e baixar o pacote, para isso clique no link abaixo:
[ads-post]

O MATE HUD, é uma ferramenta similar ao HUD do Unity e está disponível (mas não ativada) nos repositórios oficiais da Canonical. Abaixo, você irá aprender como ativá-lo e utilizá-lo.

Quem já utilizou o Unity, com certeza, já teve contato com o HUD, mesmo que sem querer. Por padrão ele é acionado a pressionar o Alt (da esquerda). É uma ferramenta que permite pesquisar pelos menus de um programa apenas digitando o nome da opção. Muito útil quando se quer buscar por alguma ferramenta dentro de um programa mas está sem paciência, ou tempo, para sair procurando por todas as opções do menu.

O MATE HUD é um fork o i3-HUD-menu com algumas mudanças:
  • xprop foi substituído com uma implementação em Python;
  • o rofi é usado no lugar do dmenu;
  • o tema do rofi é automaticamente baseado no tema GTK utilizado;
  • as configurações (incluindo atalho de teclado configurável) são armazenados em dconf (org> mate> HUD).
O MATE HUD possui algumas limitações como: falta de suporte à aplicativos QT, Firefox, Thunderbird e LibreOffice. Ele também pode quebrar o menu LibreOffice completamente, enquanto o pacote de integração mesa "libreoffice-GTK" estiver instalado. 

Para usar o MATE HUD, você precisará estar utilizando o Ubuntu MATE 16.10 Yakkety Yak (que ainda está em fase de desenvolvimento e não é recomendável para usuários gerais). Após atualizar o sistema, confira o Tweak MATE, opção painel e habilite:

Ubuntu MATE 16.10 Yankkety Yak ganha menu pesquisável ao estilo HUD do Unity!

Se esta opção não estiver disponível basta instalar através do terminal:
[code type="Cole o código no terminal e pressione ENTER"]$ sudo apt install mate-hud[/code]
Feito isso, basta reiniciar a sessão e ativar a opção pelo MATE Tweak.

O atalho padrão para utilizar o MATE HUD é Ctrl + Alt + Espaço, caso queira, você pode editar utilizando o dconf (org>mate>hud).

[ads-post]

Let’s Encrypt deixa de ser Beta e anuncia novos patrocinadores

A organização Let’s Encrypt anunciou que está deixando a fase beta e que tem novos patrocinadores para o projeto. Cisco e Akamai, patrocinadores desde o primeiro momento, renovaram o patrocínio na modalidade Platinum por mais 3 anos, enquanto a Gemalto chega como patrocinador Ouro e a HP Enterprise, Fastly, Duda e ReliableSite.net chegam como patrocinadores prata.



Desde que a fase beta começou, em Setembro de 2015, a Let’s Encrypt já emitiu mais de 1,7 milhões de certificados para mais de 3,8 milhões de sites, ganhando com isso, uma grande experiência profissional e aumentando a confiança em seus sistemas.

Tamanho crescimento é motivo de muita felicidade para os líderes do projeto e para as empresas parceiras que decidiram acreditar na iniciativa. Para Stephen Ludin, arquiteto chefe da Akamai:
“Este marco é a confirmação da capacidade da Let’s Encrypt para executar essa visão e ter um tremendo impacto ao ecossistema da Internet.”
David Ward, CTO de Engenharia e arquiteto chefe da Cisco diz:
“Let’s Encrypt tem feito um trabalho impressionante em direção a esse objetivo. Nosso apoio a esta comunidade para certificados em tempo real, sob demanda, fará a Internet mais segura.”
Todd Moore, vice-presidente de Gestão de Produtos de Criptografia da Gemalto, também comenta:
“Estamos muito orgulhosos de ser um Patrocinador Ouro para Let’s Encrypt que aproveita nossos módulos de segurança de hardware do setor para proteger o seu sistema de autoridade de certificação. Criptografia por padrão é fundamental para a privacidade e segurança, e por trabalhar com a Let’s Encrypt, Gemalto está ajudando a fornecer confiança para os serviços digitais que bilhões de pessoas usam todos os dias.”
A Let’s Encrypt depende do apoio da comunidade e da indústria. Veja no site como você ou sua empresa podem ajudar a codificar e patrocinar o projeto.
[ads-post]
Tecnologia do Blogger.